Na terça-feira (10), cerca de 140 alunos da Unochapecó estiveram em Pinhalzinho, nas Unidades Básicas de Saúde, conhecendo o funcionamento das equipes da Estratégia Saúde da Família (ESF) e interagindo com usuários do Sistema Único de Saúde (SUS).


Os alunos fazem parte do programa Vivencia Interdisciplinar e Multiprofissional (VIM), sob coordenação do professor Altamir Trevisan Dutra. As atividades do projeto envolvem 316 estudantes dos cursos de Medicina, Psicologia, Educação Física, Nutrição, Fisioterapia, Medicina Veterinária, Odontologia, Farmácia e Enfermagem, orientados por 30 tutores. Além de conhecer o dia a dia dos trabalhos desenvolvidos nas unidades da região, o VIM também permite a interdisciplinaridade e articulação de conhecimentos, já que os grupos são formados por acadêmicos dos diversos cursos.


De acordo com o coordenador do projeto, professor Altamir, esse é o terceiro ano do VIM em Pinhalzinho. “Aqui estamos felizes em ver a forma com que o município vem construindo seu processo de saúde/doença, como vem vivenciando a organização destes serviços, com sua estrutura, com o crescimento dos bairros, da cidade e com a qualidade dos serviços cada vez mais pensados para isso, com profissionais e estrutura física”, menciona, acrescentando que Pinhalzinho tem um SUS que dá certo e que é preciso que essas atividades exitosas sejam divulgadas. 


O secretário de Saúde, Elmo Zanchet, salienta que aproveitou a vinda dos alunos para fazer uma correlação com o que eles aprendem na universidade com a prática das Unidades de Saúde. “Para nós é uma forma de avaliar se estamos atuando dentro do que preconiza o SUS, além de engrandecer também o nosso trabalho. Pudemos percorrer juntamente com os acadêmicos e o coordenador do programa, todas as Unidades de Saúde e perceber deles que o nosso sistema de Saúde funciona, nossos postos não tem filas, como eles estão acostumados a ver e isso foi algo que impactou na visão dos alunos”, destaca o secretário.