Os profissionais do Projeto Recicla Cidadão encontraram medicamentos, agulhas e seringas usadas no lixo reciclável. Eles fazem um apelo para que os mesmos sejam devidamente descartados. Caso o destino correto não seja tomado, o risco de contaminação é muito alto.


O secretário de Saúde, Elmo Zanchet, esclarece a população que esse material descartado no lixo reciclável deve ter sido rejeitado por algum cidadão que não tem o conhecimento de como fazer o descarte correto. “Todas as Unidades Básicas de Saúde do município fazem a coleta destes materiais. É importante que a população saiba que e errado depositar medicamentos no lixo orgânico ou reciclável, todos tem acesso as Unidades de Saúde então não custa guardar esses materiais e levar a Unidade quando precisar de algum tipo de atendimento”, aponta o secretário. 


Uma empresa especializada faz a coleta no município a cada 15 dias e posteriormente o descarte correto. “Pedimos à população que tenha essa consciência. A poluição do lençol freático acontece de várias maneiras e mesmo indo para o lixão esse material, queira ou não, vai contaminar o solo. Então, se temos como descartar corretamente, porque fazermos de forma errada”, pondera Zanchet.