A Secretaria de Educação iniciou os trabalhos de fiscalização do Transporte Escolar de Pinhalzinho. O objetivo é verificar in loco os itinerários e trazer soluções e melhorias ao transporte. 


Conforme o secretário de Educação de Pinhalzinho, Fabrício Fontana, a fiscalização está sendo realizada pela coordenadora do Transporte Escolar, Glaciane Radaelli Gerlach, que assumiu a função há poucos dias. “Essa função era uma necessidade da Secretaria para que pudéssemos ter o controle e aferir a qualidade do serviço prestado ao cidadão”, diz.


A função da coordenação do transporte escolar é a fiscalização constante de todo o serviço prestado, conferindo se os parâmetros de qualidade e eficiência determinados nos contratos de licitações estão sendo cumpridos. 


“O transporte escolar possui papel fundamental na viabilização do acesso e da permanência dos estudantes nas escolas, principalmente daqueles que residem em áreas rurais. Assim, ações que visem à melhoria desse tipo de transporte podem influir no aprendizado dos alunos que dele necessitam e, com isso, melhorar o desenvolvimento da educação no País”, aponta Glaciane.


Fontana salienta ainda que o intuito da fiscalização também é dar um aporte para que no mês de abril seja instituído o Conselho Municipal do Transporte Escolar. “Esse conselho terá algumas diretrizes que precisam ser formadas e as vistorias darão condições para fazermos a construção desse estatuto, para que a partir do novo processo licitatório, que acontecerá no recesso escolar, possamos fazer as vistorias periódicas através do Conselho Municipal do Transporte Escolar, que será os olhos da comunidade ao serviço que está sendo prestado para a comunidade que utiliza o transporte escolar”, salienta o secretário.


No que se refere ao novo processo licitatório, o secretário acrescenta que a gestão irá incluir a cobrança de acessibilidade nos ônibus, para que os alunos tenha a acessibilidade que é garantida por força de lei.