Nesta semana, a Administração Municipal, através  da Secretaria Municipal de Educação está realizando  a implantação do Sistema de Ensino Integrado. Na segunda-feira (26) e terça-feira (27) os professores passaram por uma formação para utilização do material. Na quarta-feira (28), foi realizada a apresentação do sistema na sala de aula, já na sexta-feira (02), está marcada a entrega do material para todos os alunos e apresentação deste material aos pais.


Conforme o secretário de Educação Fabrício Fontana, o sistema está sendo implantado nos anos iniciais do Ensino Fundamental, 1° ao 5° anos, porém,  a SME espera implantar gradativamente nos outros anos, até o 9° ano estendendo-se também à Educação Infantil, Pré I e II. “Esse sistema unifica toda a metodologia pedagógica que envolve as unidades escolares. É um sistema sequencial. Também proporciona total liberdade ao professor e ao aluno para ter a sua autonomia de trabalho e de entendimento. É um sistema que vem instrumentalizar a educação no município e integrar todas as etapas da educação, desde Educação Infantil até o Ensino Fundamental II, que a rede municipal atende”, salienta o secretário. 


Fontana diz que a equipe da Secretaria Municipal de Educação acredita muito na metodologia do Sistema de Livro Integrado, pois os resultados, nas escolas onde já é utilizado,  são muito positivos. “Acreditamos que a educação tem a necessidade de ser eficaz, ser produtiva, que os nossos jovens saiam da escola muito mais preparados. Precisamos investir na educação para que realmente ela faça a diferença no futuro de Pinhalzinho, de Santa Catarina e do Brasil”, ressalta.


Para a diretora de Ensino da Secretaria da Educação, Ires Frozza, esse sistema trará maiores resultados na qualidade da educação, pois permitirá um maior acompanhamento por parte dos pais nas tarefas das crianças e, “como todos sabemos, o acompanhamento da família resulta em maior rendimento do aluno. Também exigirá maior dedicação por parte dos alunos e permitirá um maior acompanhamento por parte dos professores”, enfatiza. Também ressaltou que acredita no sucesso  do programa por que acredita no  engajamento dos professores e de seu comprometimento com a qualidade da educação.


O material é composto de livros de atividades para os alunos, livros de histórias infantis, agendas diárias para alunos e professores, jogos e cartazes pedagógicos que serão utilizados  durante as aulas.


A apresentação do Sistema de Educação Integrado na sala de aula foi acompanhada pelo prefeito, Mário Afonso Woitexem; pelo coordenador do SESI, Claudemir Bonatto; por  profissionais da educação e pelo gerente de parcerias e apoio aos municípios da Secretaria Estadual de Educação, Plauto Mendes.


Para o prefeito, é um sentimento de orgulho poder iniciar o Sistema de Educação Integrado, em Pinhalzinho. “Com certeza vai ter um ganho no futuro destas crianças e do município, porque vamos preparar essas crianças para o futuro através da educação. É um desafio, mas principalmente é um retorno para a população pinhalense que está custeando tudo isso, pois esse sistema é possível graças aos impostos que os pinhalenses pagam. Estamos fornecendo materiais de qualidade para preparar o futuro dos filhos e, esse é um pouco do retorno de muitos impostos que são pagos. Um aluno da rede municipal de ensino custa acima de R$ 700,00 por mês. Para que cada família possa analisar o retorno de impostos, se tem um filho na escola, já está recebendo estes R$ 700,00, porque é o custo que temos para manter um aluno na escola”, menciona Woitexem.

 
O prefeito enfatiza ainda que a implantação do Sistema é fruto de uma economia muito grande feita na gestão. “Abrimos mão de muitas coisas, economizamos em todos os sentidos para que pudéssemos propiciar hoje um futuro melhor para essas crianças e também para o nosso município”, finaliza.