A procura pela vacina contra o HPV que previne a transmissão do vírus causador do câncer do colo do útero, contraído por relações sexuais, contato direto com peles ou mucosas infectadas e no momento do parto, segue com procura baixa por parte dos adolescentes meninos e meninas.


O secretário de Saúde, Elmo Zanchet, diz que através do Centro de Vacinas perceberam que muitos adolescentes estão deixando de fazer à primeira ou também a segunda dose do HPV. Alertamos as meninas de 9 a 14 anos e meninos de 11 a 14 anos que é muito importante fazer a imunização. “Estamos tente a participação efetiva dos educandários que estão exigindo um comprovante de efetivação desta vacina e por ocasião da matrícula os adolescentes precisam apresentar a carteira de vacinação com essas vacinas também aplicadas”, aponta.


Ele faz um alerta para que todos procurem fazer essa imunização. “Como é uma campanha nacional, Pinhalzinho não pode ficar de fora e precisa dar ênfase e mostrar índices bons e é o que estamos fazendo”, ressalta Zanchet.