A Secretaria Municipal de Agricultura concluiu na semana passada, as reuniões decentralizadas nas comunidades do interior.


De acordo com o secretário de Agricultura, Honorino Dalapossa, 15 reuniões foram realizadas, com a presença significativa dos produtores, atingindo cerca de 70% das famílias. “Buscamos levar até os agricultores o esclarecimento da cartilha da Lei de Incentivos. Todo o agricultor de Pinhalzinho hoje tem uma cópia da Lei, escrita de forma esclarecida de como o produtor acessa e se habilita aos programas. Ficou esclarecido de que para ter acesso a qualquer programa é preciso passar no balcão de notas da prefeitura municipal e fazer a solicitação, através de requerimento”, explica o secretário, acrescentando que ao todo são 16 programas.


O secretário acrescenta que durante a reunião tiveram muitas solicitações de trabalhos dentro do programa Porteira pra Dentro, que resolve a vida e o bem estar das famílias no que se refere aos pátios de residências, estábulos, pocilgas e aviário. 


A grande novidade da mudança da lei é o Bônus Fiscal. “Independente do tamanho do estabelecimento e da atividade que desenvolve, quanto mais emitir notas, mais o produtor capitaliza e acaba recebendo como retorno. Essa metodologia está tendo uma boa aceitação”, afirma Dalapossa.