O prefeito de Pinhalzinho, Mário Afonso Woitexem e o secretário de Finanças, Sérgio Matte, participaram nesta semana, em Chapecó, da primeira etapa com encontros de 12 horas, do Programa Liderança para o Desenvolvimento Regional (Lider) promovido pelo Sebrae/SC em parceria com a Associação dos Municípios do Oeste de Santa Catarina (Amosc).


O programa Lider estimula a criação de um ambiente favorável aos pequenos negócios para o desenvolvimento regional sustentável, trabalhando três dimensões da competitividade: a sistêmica (gestores públicos e prefeitos), a empresarial (empresários locais e suas entidades representativas de classe) e a estruturante (esforço conjunto da sociedade organizada).


A fase operacional do Lider conta com oito encontros com carga horária mensal de 12 horas. Os encontros regionais cumprirão oito etapas: construção da coesão e identidade do grupo, gestão compartilhada da mudança, desenvolvimento da liderança empreendedora, oportunidades de articulação e negociação, escolha do futuro da região, formulação de estratégias de desenvolvimento, elaboração do plano de ação e institucionalização e governança do desenvolvimento da região.


O programa qualificará e integrará as lideranças regionais, além de oportunizar a elaboração de uma agenda regional de desenvolvimento. Ao final dos oito encontros, com duração aproximada de oito meses, terão uma agenda consolidada para o desenvolvimento da região, com plano de ação e governança formada por prefeitos e outras lideranças do Oeste.
De acordo o prefeito, Mário Afonso Woitexem, é importante esse programa porque ele visa o desenvolvimento sustentável de toda a região. “Quando você une todos os setores, público e privado, para trabalhar junto, o resultado vai ser positivo, porque nós todos visamos o bem e o crescimento sustentável da nossa região. É uma avaliação bem positiva, foi o primeiro encontro e percebemos que as ideias são mutuas, todo tem como meta fazer com que a nossa região tenha esse crescimento sustentável”, afirma, acrescentado que um dos encontros com os 22 prefeitos da Amosc será sediado em Pinhalzinho. 


O secretário de Finanças de Desenvolvimento, Sérgio Matte, diz que é de extrema importância, quando num grupo de aproximadamente 100 pessoas, sem olhar o cargo de cada um ocupa, mas sim a responsabilidade enquanto agente público busca alternativas para a manutenção das atenções básicas e as demandas que tem o município, ainda mais quando isso passa por uma analise regional. “Às vezes o que é bom para o meu município não é bom para o município vizinho, por isso temos que buscar um meio termo, que realmente defina a identidade dos municípios que fazem parte da Amosc”, salienta.