Na noite de quinta-feira (16), em ato realizado no município de Pinhalzinho, o prefeito de Águas Frias, Ricardo Rolim de Moura, repassou a presidência do Consórcio Intermunicipal de Infraestrutura Viária (Cidir), ao prefeito de Cunha Porã, Jairo Ebeling. O consórcio conta com a participação de 15 municípios da região, e viabiliza asfalto de qualidade e baixo custo aos municípios. 


Na oportunidade, o ex-presidente, Ricardo, que esteve na presidência do consórcio pelo período de um ano, avalia que foi uma experiência positiva. “Tivemos um ano muito produtivo, o qual agradecemos pela parceria de toda a equipe e tentamos sempre fazer o melhor. Os prefeitos que fazem parte possuem uma capacidade muito grande em entender os problemas, contribuir e nunca prejudicar o consórcio, então isso facilita para quem está na presidência”, avalia. 


Além disso, Ricardo cita que o prefeito Jairo deve assumir a presidência com tranquilidade, a fim de dar um bom seguimento nos trabalhos. E, por fim, agradece pela experiência. “O Cidir foi um consórcio que foi criado antigamente pelos prefeitos e com certeza está contribuindo muito com os municípios. Eu acredito que possui uma grande função, além de tudo social”, complementa o prefeito. 


Ao assumir a presidência, Jairo afirma que trata-se de um desafio muito grande e destaca a importância dos trabalhos no Cidir. “Sabemos que o consórcio tem uma grande relevância para os municípios, com um papel preponderante na execução de serviços, em especial de infraestrutura, pavimentação asfáltica e recuperação de vias públicas. Estamos nos preparando para isso. Não será só o prefeito Jairo que vai decidir, mas é toda uma diretoria que vai julgar o melhor para os municípios que são associados neste projeto que é inovador no Estado. Esperamos que o trabalho siga no mesmo ritmo durante a gestão”, declara Jairo. 

Parceria com o Estado
Neste ano, o governador do Estado demonstrou interesse em subcontratar o Cidir para a recuperação de rodovias estaduais. Diante disso, Jairo informa que o consórcio terá uma reunião com o Estado no fim de maio, a fim de que possam ter uma palavra final sobre o assunto.


Sobre o tema, o presidente afirma que o Cidir busca uma posição clara sobre a situação. “Queremos ter a proposta prática, porque até o momento tivemos apenas algumas suposições e ideias que foram lançadas. Depois de termos propostas lançadas, vamos definir isso com a diretoria e com os prefeitos conveniados, para vermos se há viabilidade para que possamos executar esse serviço e ser parceiro do Estado. Obviamente, se a proposta for boa e se for interessante para os municípios que têm passagem pelas rodovias estaduais, seremos parceiros. Mas, a nossa principal preocupação no momento é prestigiar os municípios que necessitam dos serviços do consórcio”, afirma o presidente.