O secretário de Finanças e Desenvolvimento Econômico, Sergio Matte, fez um balanço das ações da pasta e afirmou que a administração municipal está trabalhando para que a economia cresça e gere mais oportunidades para a população.


“O governo municipal está trabalhando com maior seriedade. Cada centavo que o contribuinte paga, através de impostos, passa por um controle rigoroso na aplicação. Isso porque aderimos aos programa Saúde Fiscal do Ministério Público e diante destas questões nós temos que modernizar, inovar todos os departamentos do município”, ressalta.


Para isso, foi regulamentada, através de um decreto, arbitramento do valor do imóvel para incidência do ITBI, ou seja, esse decreto permite uma linha para valorização do imóvel, casa ou terreno. “A partir do momento em que a pessoa faz uma transição, ela terá que fazer a transferência e na transferência tem a taxa do ITBI. Tivemos que implantar esse decreto que vem de encontro de uma regulamentação e inovação para que a saúde fiscal do município seja plena e através deste decreto, que regulamenta o arbitramento do imposto, o valor passa a ser de mercado. Todo o valor de mercado, se o cidadão achar que não está de acordo, o decreto permite amplo direito de defesa, mas tudo isso é o cidadão que define. É por isto que estamos à frente da secretaria de finanças, junto com a equipe de Contabilidade e Tributária, para que o município continue caminhando a passos largos, com crescimento de 15,10% das transações mobiliárias de janeiro a setembro de 2018, onde o ITBI está vindo a contribuir muito na receita própria”, salienta Matte. 


Ele ressalta que falar do desenvolvimento de Pinhalzinho é uma satisfação muito grande, porque está inserido neste processo, acompanhando também por meio da Associação Comercial e Industrial, via instituições de ensino, onde todas, através de um trabalho em conjunto estão desenvolvendo um grande projeto para fomentar a economia do município através do fomento do empreendedorismo. “Independente deste trabalho, Pinhalzinho já cresceu em média, 6% a mais de empresas instaladas no município, em relação ao mesmo período do ano passado. De janeiro a outubro de 2017 tínhamos 258 novos empreendimentos, neste ano, no mesmo período, já temos 313 novas empresas. A população de Pinhalzinho está apoiando realmente aquilo que dá resultado e que é o nosso maior programa social do município, a geração de emprego e renda”, aponta o secretário de Finanças e Desenvolvimento Econômico.