A musicalização possui grande importância no âmbito educacional, na construção do homem enquanto ser crítico e formador de sua própria história. Por isso, faz-se necessário um estudo das semelhanças de aprendizados entre idosos que pode ser realizado por um trabalho de interação e integração entre os idosos.


Conforme ressalta a Assistente Social Marisa Kasper Dalapossa, através da “Oficina Musical” procura-se realizar na Terceira Idade a aproximação dos idosos que possuem essa habilidade ou que queiram aprender, pois a vida de quem já cooperou com a sociedade através das peculiaridades e intensidades ímpares se identificam em diversos momentos através da desenvoltura durante as atividades musicais. 


Diante ao exposto é que a Secretaria Municipal de Assistência Social propõe um serviço de atendimento social articulado com as politicas de saúde, educação e Cultura que consiste em desenvolver oficinas de educação, esporte, saúde e lazer para idosos por meio do desenvolvimento de atividades que contribuam no processo de envelhecimento saudável, desenvolvimento da autonomia, fortalecimento de vínculos familiares e comunitários, prevenindo situações de risco social. 


O atendimento será continuado organizado em oficinas quinzenais com adesão voluntária para idosos acima de 60 anos e a oficina possibilitará o envolvimento dos idosos da comunidade sendo um espaço de troca, visando o resgate das potencialidades e a interação dele com a comunidade. As oficinas também serão um espaço que proporcionará ao idoso a liberdade de expressão, com análise da vivência da velhice, das relações cotidianas e de seu papel na comunidade. As aulas acontecem quinzenalmente tendo como local a sede da Aspumpi na Efacip as sextas feiras das 14hs as 16hs. O idoso que tiver interesse poderá se inscrever através do telefone 3366-6675 na Secretaria de Assistência Social.