O Museu Histórico de Pinhalzinho levou ao Hospital na quinta-feira (12), uma exposição em painéis, com imagens e relatos, que trata sobre como eram os hospitais e os equipamentos utilizados no passado.


Conforme a coordenadora do Museu, Neiva Lermen, esse é um projeto desenvolvido em parceria com o Centro de Memória do Oeste de Santa Catarina (CEOM), que tiveram a iniciativa de fazer um trabalho voltado à pesquisa de como era realizada a cura antes dos hospitais na região Oeste, as ervas medicinais, os equipamentos utilizados, a importância das parteiras. “Essa exposição foi apresentada no hospital porque remete a essa área. Ficará no hospital de Pinhalzinho por uma semana, para que os visitantes e os profissionais acompanhem, depois a exposição estará no Museu para ser acompanhada pelos alunos de Pinhalzinho e região”, destaca. 


O presidente do hospital, Lauri Guillante, ressalta que é um trabalho muito interessante, mostrando como funcionavam os hospitais e como eram os profissionais que na época eram mais práticos do que realmente profissionais formados, mas esse era o caminho para as pessoas terem atendimento na área da saúde. “É um trabalho muito bem elaborado e com certeza vai trazer ainda mais conhecimento ao todos que visitarem a exposição”, aponta. 


O secretário de Saúde de Pinhalzinho, Elmo Zanchet, que acompanhou a exposição, parabeniza o Museu por trazer esses painéis aos espaços públicos. “A população mais jovem não faz ideia de como era tratada a doença no passado e através dessa exposição poderão ter uma noção de como tudo era mais difícil, mas também de como era feita a cura”, menciona.