Na tarde de sábado (29) foi realizado o ato de entrega da sede da antiga escola da Linha Volta Grande para a Associação Cultural Alemã Unser Heimatland de Pinhalzinho. 


Durante o ato de inauguração, o prefeito Mário Afonso Woitexem, salientou que a legislação muda constantemente e diante algumas mudanças ficaram impossibilitados de passar recursos para entidades. “Quando apareceu essa oportunidade de que pudéssemos fazer essa transferência para a Associação Alemã, que tanto precisava de um espaço, era a oportunidade que tínhamos de mostrar de que nós queremos fazer cultura e queremos atender todas as entidades que representam o município de Pinhalzinho e estamos fazendo isso de forma legal. Esse estabelecimento é um bem público e estava se depredando.

Ficamos felizes de estar fazendo esse simples ato, mas de uma importância muito grande para a associação alemã e para o nosso governo, pois queremos e vamos ajudar cada vez mais a nossa cultura, a nossa população para que possam manter a nossa história viva”, apontou.

O presidente da associação, Roque Both, disse que é com alegria e satisfação que recebem a estrutura da antiga escola, mas ao mesmo tempo é uma responsabilidade porque é um espaço que vai pertencer à associação e será em benefício da comunidade. “Nós pedimos esse espaço para ter uma sede para a associação e também para ter uma área de estacionamento para a comunidade da Volta Grande quando realiza alguma promoção”, destacou. 

A Associação Cultural Alemã conta com grupos de dança, em três categorias, mas agora, com a sede própria, o objetivo é difundir ainda mais a cultura alemã.  De acordo com o presidente, já pensam em disponibilizar aulas de alemão e viabilizar um coral.         

O prefeito disse ainda que a entidade recebe o imóvel, usa, mantêm e cuida do imóvel e isso é muito importante para o município, pois é uma propriedade do município, é um bem público, que a partir de agora vai ser preservado e bem cuidado. 

A Associação Cultural Alemã Unser Heimatland foi fundada em 17 de março de 2017 com os objetivos de cultivar e manter as tradições populares do povo de origem germânica e seus simpatizantes. Juntamente com a associação criou-se o Heimatland Volkstanzgruppe Aus Pinhalzinho, que visa manter as danças, os trajes, a gastronomia, o canto e o idioma alemão em sua autenticidade.