Pinhalzinho vem investindo no programa de reperfilagem asfáltica com recursos do IPTU, sete ruas já foram asfaltadas.


“Nos últimos anos, é a primeira vez que o recurso do IPTU vem sendo usado, novamente, em contrapartida de infraestrutura urbana, ou seja, trazendo benefício à população que paga o IPTU. Os asfaltos feitos anteriormente no município eram executados com origem de emendas federais ou recurso financiado em banco, como a exemplo do financiamento para asfalto feito em 2015 o qual estamos pagando e vamos pagar até dezembro deste ano. Nós estamos fazendo diferente”, destaca o prefeito Mário Afonso Woitexem. 


Ele aponta ainda que sabe da necessidade de asfaltar todas as ruas do município, mas precisam ir devagar por conta dos recursos. “Priorizamos ruas, as primeiras que receberam são as que dão acesso a espaços públicos, pois acreditamos que ali a maioria da população esteja passando. São ruas que fazem com que o centro da cidade deixe de concentrar um grande movimento, ou seja, estamos tentando tirar o grande fluxo de veículos do centro da cidade. No próximo ano pretendemos novamente, com a seriedade que estamos levando, com a transparecia no gasto com o dinheiro público, podermos novamente continuar esse programa e assim desejamos que as próximas gestões façam, utilizam o recurso público em benefício do público, se isso for feito, em uma gestão completa é possível fazer a reperfilagem em quase toda a cidade, tenho que frisar que nós tivemos no primeiro e segundo ano de governo todo o IPTU comprometido e só no terceiro ano estamos utilizando e no quarto ano vamos utilizar”, ressalta Woitexem.


Vale destacar que também já foram asfaltadas com recursos próprios a Linha Salete e a Linha São Paulo no valor de R$ 2 milhões, ainda executado o asfaltamento da Linha Riqueza, com contrapartida de mais de R$ 500 mil de recursos proprios.

Nesta semana os trabalhos seguem na Avenida João Alvino Mayer no bairro Divineia, onde esta sendo efetuado os novos canteiros centrais.