Na terça-feira (24), pacientes do 20º Grupo do programa de redução de filas do Sistema Único de Saúde (SUS) estiveram se deslocando para Cunha Porã, para realização da consulta médica e encaminhamento para cirurgias. São 36 pacientes de cirurgia joelhos.


Conforme o secretário de Saúde, Elmo Zanchet, são pessoas que já estavam na fila de espera algum tempo. “Estamos aproveitando para fazer um mutirão de cirurgias, pois conseguimos contratar um grupo de médicos que vem até Cunha Porã fazer as cirurgias, por meio do CIS Amosc. Acredito que em 30 dias, todas as cirurgias serão realizadas. Esperamos que com isso consigamos reduzir à fila de cirurgias, principalmente de joelhos que tem uma carência muito grande”, destaca.


Sobre o custeio do município, o secretário diz que por meio do CIS Amosc o custo é de R$800,00 por joelho, valor bem abaixo do mercado. “Se o Sistema Único de Saúde (SUS) fosse mais eficiente não gastaríamos nada, mas não tem como ficarmos olhando a fila aumentar e as pessoas sentindo dor e nós não fazermos nada”, menciona.


O prefeito Mário Afonso Woitexem, salienta que está feliz pelo município ter conseguido realizar 536 cirurgias em 2017 e mais de 2250 exames neste ano. “Ano passado concentramos mais no encaminhamento dos pacientes para cirurgias, pois tínhamos uma longa fila de pessoas esperando e priorizamos os primeiro meses deste ano para os encaminhamentos de exames e consultas com especialistas. No mês de abril estamos encerrado, superando as fila inicial de duas mil pessoas que tínhamos e voltamos agora para o mutirão de cirurgias. Vamos continuar lutando para que a saúde seja a prioridade do nosso governo”, diz.