No mês de maio e junho serão ofertadas para alguns grupos do Centro de Referência da Assistência Social (Cras) de Pinhalzinho, oficinas do projeto “Plantas Medicinais: fonte de vida, atenção à saúde, sustentabilidade ambiental e cultural no oeste catarinense”.


O objetivo da ação é oferecer oficinas de formação de multiplicadores com a finalidade de socializar os saberes tradicionais registrados, ao público alvo do projeto.


Serão realizados três grupos com famílias atendidas pela equipe do CRAS e dois com os servidores da Secretaria de Assistência Social. O público atendido nas cinco oficinas totaliza aproximadamente 80 pessoas. 


O projeto “Plantas Medicinais: fonte de vida, atenção à saúde, sustentabilidade ambiental e cultural no oeste catarinense”, Edital de Chamamento Público N. 01/2016, foi viabilizado pelo Governo do Estado de Santa Catarina, Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esportes, Fundação Catarinense de Cultura, Ponto de Cultura, Cultura Viva, Secretaria da Cidadania e da Diversidade Cultural e Ministério da Cultura.


O projeto é desenvolvido por Ponto de Memória Mais Cultura/Associação Despertar. A Associação foi constituída em 14 de dezembro de 2010, por agentes culturais e educativos, com a finalidade de preservar a memória histórica e cultural das tradições locais e regionais, bem como o fomento e a realização de atividades de cunho artístico-culturais, mediante oficinas, ensino, pesquisa, produção de espetáculos, mostras, geração e disseminação de produção de bens, atividades e serviços artístico-culturais e sociais.