Na quinta-feira (14), na sede do Centro de Tradições Gaúchas (CTG) Porteira do Pinhal, foi realizada a Festa Junina de Integração, reunindo todos os grupos de idosos do município. O evento foi uma iniciativa do Governo Municipal de Pinhalzinho, por meio da Secretaria de Assistência Social.


A Festa Junina contou com apresentações, muita música, diversão, comidas típicas e conversa boa, além de uma mateada com a erva-mate Sabadin.


O Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa, tendo em vista o Dia Mundial de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa - 15 de junho. Aproveitou a festa e distribuiu um material informativo, com informações relacionadas à violência contra a pessoa idosa para incentivar a denúncia. 


A secretária de Assistência Social, Ivone Orso, avalia como positiva a atividade com os idosos, embora tenha sido uma tarde fria, mais de 400 idosos participaram da festa. “O Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa esteve fazendo acolhida a todos os idosos que participaram, além disso, o presidente do conselho fez um pronunciamento na abertura incentivando e alertando as pessoas para que façam denúncia quando souberem de algum caso que envolva violência ou negligência contra pessoa idosa”, ressalta.


Ivone menciona ainda que o município tem órgãos competentes para fazer esse atendimento, a exemplo do Creas que tem uma equipe interdisciplinar que recebe a denúncia, presta o atendimento e realiza o encaminhamento. “É bem importante essa ação do Conselho preocupado com essa violência que infelizmente ocorre no nosso município, Estado e país. Se não denunciarmos não há como chegar o atendimento a essas pessoas que sofrem algum tipo de negligência”, diz.


Ela aproveita para agradecer a toda à equipe da Secretaria de Assistência Social que se envolveu na atividade, bem como aos servidores das demais secretarias que estiveram envolvidos na organização e auxiliaram no dia da festa. “Agradeço a todos, principalmente os idosos que estiveram presentes nessa tarde gostosa de diversão, integração e amizade”, finaliza.