Entidades, escolas, clubes de serviço, empresas e servidores públicos, reunidos em 14 grupos, estiveram participando do Dia Mundial da Limpeza em Pinhalzinho. Ação foi organizada pelo Grupo Amigos do Meio Ambiente (Gama). A atividade ocorreu sábado (15) visando conscientizar as pessoas para o correto descarte dos resíduos sólidos, promovendo um exercício educativo e reflexivo nas pessoas sobre a problemática ambiental que o descarte irregular de resíduos e rejeitos provocam no meio ambiente.


Foram coletados lixos em 14 pontos estratégicos do município definidos pelos organizadores do evento. O destino de todos os materiais coletados ficou sob responsabilidade do Departamento Municipal de Estradas e Rodagens (DMER) e da empresa TOS.


Conforme o integrante do grupo Gama, Laerte Deufel, mais de 250 cidades do Brasil aderiram esse movimento e é a primeira vez que Pinhalzinho fez parte da ação. “Foram limpas as áreas públicas do município e o lixo foi separado entre plástico, papel, papelão e materiais não recicláveis”, destaca.


A empresa Aurora também esteve participando do Dia Mundial da Limpeza. Segundo o representante da Aurora, Marcio Coldebella, foi mobilizada uma equipe da fábrica para poder contribuir com a causa social. “Além de sermos uma grande indústria também estamos inseridos junto à sociedade e precisamos fazer o nosso papel como cidadão e pessoas do bem”, menciona. 


O presidente do grupo Gama, Robelei Pieper, agradece a todos as pessoas que se envolveram nessa ação. “Essas por sua vez, não mediram esforços em executar ação da melhor forma possível. São pessoas que assim como nós do Gama estiveram presentes de forma totalmente voluntária, inclusive os funcionários das empresas, instituições de ensino e servidores públicos. Todos com um objetivo claro, contribuir para uma cidade mais limpa.

Porém, no geral nós do Gama ficamos decepcionados com o desinteresse de boa parte da população em se envolver com a atividade, necessitando de um debate muito mais profundo. Evidenciamos na prática em todos os pontos observados um cenário desolador: plásticos por todos os lados (enrolando-se nas vegetações e confundindo a avifauna), embalagens de vários lubrificantes de óleos automotivo próximos a olhos de água, vidros de garrafas (sem contar os estilhaços) e copos plásticos cheios de água (vários com larvas de mosquito), resíduos eletrônicos, entulhos de construção, pneus, entre vários outros”, diz. 


Pieper ressalta que o Gama espera que as pessoas façam uma profunda reflexão sobre essa atividade, na esperança que busquem conhecer mais sobre a destinação de cada objeto e que possam se sensibilizar, unindo-se poder público, setor privado e sociedade civil na busca de alternativas para a eficiência da gestão dos resíduos sólidos no município.


Participaram da ação: Família Leonística, Pastoral Santo Antônio, Colaboradores do controle da dengue, Grupo Escoteiro Gralha do Pinhal, Colaboradores da Empresa AURORA, Colaboradores/acadêmicos da UNOESC, Interact, Alunos e professores da Escola Marcolino Eckert, Alunos e Professores da Escola Vendelino Jungues, ASR Pinhalzinho, Colaboradores da Secretaria Municipal de Saúde, Colaboradores da Secretaria Municipal de Educação, Colaboradores do DMER, Colaboradores da Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente, Alunos e professores do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos.