Foi assinada na tarde de terça-feira (17) o contrato com a empresa Trans’Kinho, vencedora da licitação, para realizar o transporte coletivo de passageiros de Pinhalzinho. 


A primeira fase do projeto conta com cinco veículos que farão os trajetos pelo município até as escolas, faculdades, empresas e pontos do município, no decorrer do projeto mais veículos poderão vir a serem incluídos, sempre visando à demanda exigida.


O prefeito, Mario Afonso Woitexem, disse que essa foi uma conquista de Pinhalzinho, pois muitas pessoas desejavam e reivindicavam o transporte coletivo. “Esse é um diferencial para que Pinhalzinho possa crescer e nós termos condições de criarmos loteamentos de interesse popular, em que possamos proporcionar transporte para que as pessoas vir ao centro do município, se descolar ao trabalho, para os filhos irem à escola, a faculdade, entre outros lugares”, ressaltou. 


A empresa ganhadora da licitação destacou que o prazo é de 60 dias para implantar o transporte coletivo no município. Os veículos serão todos adaptados para acessibilidade.