Mais de 270 idosos participaram na terça-feira (12) da II Conferência Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa de Pinhalzinho, promovida pelo Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa (CMDPI). O tema central da conferência foi “Os desafios de envelhecer no século XXI e o papel das políticas públicas”. 


A Conferência Municipal teve como objetivo propiciar a reflexão e a discussão sobre o protagonismo da pessoa idosa e o impacto nas transformações como estratégias na garantia dos direitos, reconhecendo a corresponsabilidade de cada ente federado. 


Conforme o presidente do CMDPI, Neri Daniel Koch, é importante realizar essas conferências, pois nelas são abortados assuntos relacionados aos idosos. “Geralmente falamos em políticas públicas e na conferência, com a palestra, pudemos debater sobre isso. O envelhecer está ai e queremos um envelhecimento ativo, saudável e uma vida digna, para isso precisamos políticas públicas relacionadas ao idoso. Então, elencamos propostas, pautadas em quatro eixos interligados ao assunto da conferência. As propostas aprovadas na plenária serão levadas a Conferência Estadual”, aponta.


Na abertura do evento, o Coral de Idosos Alegria de Cantar realizou apresentação da música, ‘Respeite o Idoso’. Também na abertura, a estudante do 6º ano da Escola Municipal de Educação Básica Theobaldo Utzig cantou a música ‘Era Uma Vez’.


Nos pronunciamentos, as autoridades enalteceram a importância da conferência, do envelhecer saudável e de debater políticas públicas relacionadas ao idoso.     


Na avaliação do presidente, o evento foi positivo, reuniu grande número de idosos. “Esse é um motivo de orgulho para o conselho, para toda a equipe técnica e profissionais que trabalham nas atividades com os idosos do município. Isso faz engrandecer o nosso trabalho no município e também faz com que percebemos que os idosos estão preocupados com a sua causa”, ressalta Koch.