O governo municipal de Pinhalzinho, por meio da Secretaria de Saúde e da coordenação do Programa de Combate a Dengue atuam fortemente contra a proliferação do mosquito Aedes Aegypti, transmissor da dengue.


O secretário de Saúde, Elmo Zanchet, comenta da insistência das equipes de endemia e da Secretaria no combate e conscientização da população perante o perigo da proliferação do mosquito.


“A população precisa entender que o problema da dengue não do secretário e nem do prefeito, é da população no geral. Tivemos dois casos suspeitos, porém foram descartados, temos um caso ainda em análise no Lacem. Cada caso suspeito é uma apreensão muito grande, pois em algum momento pode confirmar que temos uma pessoa contaminada, ai o problema estará instalado. Precisamos que as pessoas não apenas escutem, mas que comecem agir. Hoje, um vaso sanitário sem uso, pode proliferar o mosquito da dengue, por isso todos devem ficar atentos. Água parada é sinônimo de perigo”, alerta.


Zanchet aponta ainda, que com as constantes chuvas, as pessoas devem ficar atentas e verificar diariamente o quintal e local que possa ter acúmulo de água. “A dengue é um problema que pode ser evitado, mas para isso precisamos a colaboração de todos”, afirma.


A dengue é séria e precisamos nos unir contra ela, vamos limpar nossos terrenos e quintais, as calhas de água também precisam ser verificadas, vamos juntos expulsar a dengue de Pinhalzinho.