Na manhã de quinta-feira (02), no auditório da Acip/CDL, lideranças e empresários de Pinhalzinho, receberam o comandante da 4ª Região de Polícia Militar/Fronteira (4ªRPM/Fron), coronel Clóvis Lopes Colpani.


Participaram, o prefeito de Pinhalzinho, Mário Afonso Woitexem; presidente da Câmara de Vereadores, Sadi Liston; demais vereadores de Pinhalzinho; o promotor de Justiça na comarca de Pinhalzinho, Edisson De Melo Menezes; comandante do 2º Batalhão da PM coronel, Ricardo; subtenente da PM de Pinhalzinho, Roberto Nazário de Oliveira; secretários municipais; além do presidente da Acip, Roberto Zagonel e da presidente da CDL, Franci Bernardi.


O objetivo da vinda do coronel a Pinhalzinho foi para se apresentar para a comunidade e ouvir as reivindicações. Primeiramente ele fez uma breve apresentação 4ªRPM/Fron, que possui dois batalhões. O 2º batalhão de Polícia Militar com sede em Chapecó, abrange 41 municípios, dentre os quais está o grupo PM de Pinhalzinho, e o 20º Batalhão de Polícia Militar com sede em Concórdia, que abrange 13 municípios.


Na ocasião as lideranças locais enfatizaram a necessidade do aumento do efetivo na Polícia Militar de Pinhalzinho e ressaltaram o bom trabalho que vem sendo realizado apesar do contingente limitado.


O coronel Clóvis parabenizou o projeto que vem sendo desenvolvido para implementação de câmeras de monitoramento na cidade e destacou que isso vem sendo debatido em nível estadual, visando melhorar o sistema ‘Bem-te-vi’ que hoje é utilizado em Santa Catarina. 
De acordo com Roberto Zagonel, o coronel se comprometeu em ajudar para implantar o projeto de monitoramento no município. “Ele elogiou a iniciativa no quesito da sociedade se preocupar em fazer o monitoramento e com isso contribuir com as polícias. Acredito que ele irá ajudar nosso município, principalmente para ampliação do efetivo”, finaliza Zagonel, na sua avaliação do encontro.