Ocorreu terça-feira (21), em Pinhalzinho, na Câmara de Vereadores, uma capacitação com o tema ‘Concepção, identificação e abordagem de Crianças e Adolescentes vítimas de abuso e exploração sexual’. O evento foi promovido pelo Fórum Municipal pelo Fim da Violência e Exploração de Crianças e Adolescentes de Pinhalzinho (Fórum Bem-me-quer), em parceria com o Fórum Regional.

 
Direcionado aos técnicos, diretores e orientadores pedagógicos de todas as unidades escolares do município, técnicos das Secretarias de Assistência Social e profissionais que direta ou indiretamente atendem crianças e adolescentes, o objetivo do evento foi capacitar para o enfrentamento ao abuso e exploração sexual. 


A capacitação fez parte das atividades alusivas ao Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes - 18 de maio.


De acordo com a presidente do Fórum Bem-me-quer, Marlice Salete Dreyer, ainda no mês de abril, em reunião do Fórum, foram levantadas algumas demandadas, principalmente das escolas, da grande dificuldade que eles têm de estar identificando e de como proceder a partir da identificação de uma situação de violência e exploração sexual de crianças e adolescentes. “Diante disso, organizamos uma capacitação para diretores, orientadores e coordenadores para posteriormente os mesmos estarem repassando aos professores e a escola estar conversando de como agir diante de algum fato”, ressalta. 


A capacitação foi ministrada pela pedagoga Aldacir Detofol e pela enfermeira Ivanete Althaus. Pela parte da manhã foram abordados os temas: concepção de infância e adolescência; violência contra crianças e adolescentes, com ênfase na violência sexual; como identificar situações de violência; e formas de abordagem. Durante à tarde foi explanado sobre o Protocolo de Atendimento às vítimas de violência do município de Pinhalzinho.