O banheiro feminino da Praça Central – Avelino Fiorini foi local de vandalismo no último fim de semana. Outros pontos públicos também já passaram por esses atos, como os banheiros da Praça do Lago, a quebra de árvores em diversas praças, depredações em escolas, postos de saúde e em outros pontos públicos, nesta semana ainda outro prédio a ser atacado foi o Cras do Bairro Jardim Maria Terezinha, onde foram quebrados portões, muro e grades.


O secretário de Administração Wanderlei Borba, diz que a população deve ter mais consciência e mais cuidado com o patrimônio público. “Todo patrimônio público recebeu recursos da municipalidade, ou seja, de toda a população, e pessoas estão sendo negligentes, praticando esses atos e quebrando os bens públicos. Também tem pessoas que visualizam essas situações de vandalismo, às vezes praticados por menores e não falam nada, não chamam a atenção de quem está agindo de má fé”, aponta. 


Borba conclama a população, para quando presenciar algum ato de vandalismo que chame a atenção, chame as autoridades, a polícia, para que alguma atitude seja tomada, porque o vandalismo nos bens público é o dinheiro da população indo pelo ralo.


“Temos vários locais públicos com câmaras filmadoras. No ato ocorrido na Praça Central, quatro adolescentes utilizaram um álcool gel que estava no banheiro para limpeza, para atear fogo. Agora esperamos que a polícia identifique os adolescente e que os mesmo sejam punidos”, ressalta o secretário.