A participação de Pinhalzinho na fase estadual do JASC ainda não chegou ao fim, mas já trouxe resultados históricos. No voleibol masculino, a equipe não conseguiu a classificação para a segunda fase da competição. No feminino, o time ainda disputa a competição. Mas, no taekwondo, Roberto Nazario, que foi o único atleta que representou o município em esportes individuais nesta edição do JASC, voltou à Capital da Amizade com um resultado histórico, a medalha de bronze na categoria 74 a 81 kg.


Para o professor da FMEC de Pinhalzinho e treinador de Roberto, Paulo Cesar Andrade, foi um resultado que vai ficar marcado na história do taekwondo pinhalense. “Para mim, como professor, fico muito orgulhoso do resultado. Ele enfrentou gente que treina todos os dias, de 9 a 12 horas. Alguns são até atletas profissionais, e aqui a maioria trabalham e estudam. Meu aluno treina uma, duas horas por semana, competindo com gente que é da seleção catarinense, seleção brasileira”, conta o professor, que ainda relata que a maioria dos municípios contrata gente de fora apenas para a disputa do JASC, o que torna o feito de Roberto mais relevante ainda. O atleta pinhalense enfrentou na competição adversários de Orleans, Tijuca, e por fim Itajaí, que se sagrou campeão da competição. 


Roberto, que é o primeiro atleta do taekwondo pinhalense a conquistar uma medalha no JASC, conta que é a sua segunda participação na competição, e já pratica o esporte há 10 anos. “Sinto enorme satisfação em conseguir ganhar uma medalha e de conseguir mostrar a bandeira do município de Pinhalzinho entre as melhores cidades de Santa Catarina”, relata. O atleta ainda agradece ao seu professor, Paulo Cesar Andrade, e aos colegas Alex Rodrigo Backes, Alana Camila, Leomir Borghardt e Mateus Liston, que auxiliaram com os treinos para que a conquista fosse possível.