Dando continuidade às melhorias no parque da Efacip, realizadas pela administração municipal, por meio da Secretaria de Obras e Secretaria de Agricultura, foi concluído nesta semana, a cerca que separa a área de preservação da Trilha do Saber, da sede do Centro de Tradições Gaúchas (CTG) Porteira do Pinhal. A cerca tem 1,8 metros de altura, com postes de madeira eucalipto tratados, com cinco fios de arrame liso com esticadores.

 

 
Conforme o secretário de Agricultura, Honorino Dalapossa, é uma cerca de qualidade, isolando toda a área de preservação da Trilha do Saber. “Objeto foi proporcionar melhorias ao espaço, para que a trilha seja protegida e passe a ser uma comunidade didática, de utilização dos alunos, fazendo de fato uma educação ambiental, dentro de uma área de vegetação nativa no Centro da cidade”, diz, acrescentando ainda que diversas plantas trepadeiras podem ser plantadas na cerca para deixa-la ainda mais bonita, com aspecto natural.

 


O secretário afirma que na área que foi degradada as árvores, a partir de agora, já está livre para que possa ser plantado novas mudas. “Em poucos dias esta área deve ter a sua recuperação iniciada”, afirma.

 


O prefeito Mário Afonso Woitexem salienta que as melhorias na Trilha do Saber foi um pedido do Grupo Amigos do Meio Ambiente de Pinhalzinho (Gama) e do biólogo responsável pela trilha, Robelei Pieper. “Atendemos este pedido, e por mais que seja uma pequena melhoria é de grande importância, pois isola uma parte do parque da Efacip e assim, a Trilha do Saber possa ser utilizada com sua finalidade inicial, de repassar conhecimento”, menciona.

 


De acordo com o prefeito, o objetivo é estender essa cerca e preservar toda a Trilha do Saber. “Vamos trabalhar para que em um curto espaço de tempo consigamos concluir isso, ampliando ainda mais o espaço da trilha”.