No sábado (22) foi realizado o II Piquenique Cultural, na Praça Avelino Fiorini (Central), promoção do governo municipal de Pinhalzinho, por meio da Fundação de Esporte e Cultura. Várias atividades recreativas foram realizadas. 


Na avaliação da diretora de Cultura, Diovana Werlang Marchesan, a participação das pessoas está sendo boa. “Nossa avaliação é positiva, agregamos juntamente a outras ações que também estavam sendo realizadas na praça. Teve momentos de descontração com as brincadeiras, teatro, coral, literatura, contação de histórias, enfim, tudo o que estava acontecendo, juntamente com essa atividade que leva a população a ir para a praça”, aponta. 


A diretora acrescenta ainda que a ideia das atividades do Piquenique Cultural foi o dinamismo, tudo ocorrendo simultaneamente. “Esperamos que para as próximas edições venha mais público, mais música, mais artesanato, venham todas as artes e culturas que tem em nosso município”, menciona.  


Juntamente com o Piquenique Cultural, a Comissão Permanente de Acessibilidade de Pinhalzinho (CPA) em parceria com o Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência (Comde) promoveu a ação ‘Pinhalzinho Acessível #maisinclusão’, alusivo ao Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência. Na oportunidade foi distribuído material informativo e também realizado o DEF Drive, para que a população passasse pela experiência real das dificuldades de acessibilidade que as pessoas com deficiência vivenciam cotidianamente. Também apoiaram a ação a JCI, LEO Clube Omega, Rotaract Club e Apae de Pinhalzinho.


O Fórum-Bem-Me-Quer também esteve na praça. A atividade foi em menção ao Dia Estadual de Mobilização e Luta Contra a Violência e Exploração Sexual de Crianças e Adolescente – 24 de setembro, a data tem como objetivo mobilizar e conscientizar a sociedade em geral da importância de denunciar casos de abuso. A ação do Fórum foi de conscientização e sensibilização, de mobilização, de luta pelo fim da violência e exploração sexual de crianças e adolescente.   


A Horus Faculdades esteve participando das atividades através do curso de Pedagogia, com contação de histórias.