No sábado (28) foi realizado o 2º Recicla Pinhalzinho, na Praça Avelino Fiorini (Central). Foram recolhidos eletrônicos, entre eles: rádios, televisores, computadores, impressoras, micro-ondas, equipamentos domésticos menores, entre outros. Além de óleo de cozinha e lâmpadas fluorescentes ao custo de R$ 1,00 a unidade.


A iniciativa foi do Governo Municipal de Pinhalzinho, Fiesc/Senai, Associação Empresarial - Acip/CDL, Cooperitaipu, Grupo Escoteiro Gralha do Pinhal, Grupo Gama, Lions Clube, Rotary Clube e Ervateira Puranativa.      


Foram Recolhidos: 6.320 Kg de equipamentos eletrônicos; 400 Lts óleo de cozinha usado;  e 716 Lâmpadas fluorescentes.


Avaliação do secretário de Saúde, Elmo Zanchet, foi positiva. “Pudemos perceber que as pessoas estão tendo consciência do descarte correto. Neste ano, incluímos a coleta de lâmpadas, esse primeira experiência foi um sucesso e assim vamos criando consciência nas pessoas de que é melhor guardar e na oportunidade dar o destino correto do que jogar junto com o lixo orgânico, que acaba indo para o aterro sanitário e assim prejudicando o meio-ambiente”, ressalta.


O secretário agradece a todos que se envolveram no evento. “Um dos principais motivos deste trabalho é para que possamos eliminar os possíveis criadouros. Equipamentos eletrônicos na rua acumula água e acaba trazendo larvas de mosquitos e não queremos que isso aconteça”, menciona Zanchet.


Ele aponta ainda que em seis meses estarão realizando o 3º Recicla Pinhalzinho.