Foi realizada nos dias 19, 20 e 21, no pavilhão da Efacip, a 16ª Festa do Vinho, Queijo e Salame. A festa gastronômica é o maior evento realizado pelo governo municipal. Criada em 2001, no governo de João Rodrigues, na época coordenada por Paulo Junqueira da Silva e Honorino Dalapossa, atual secretário da agricultura e coordenador da 16ª edição.
 
Neste ano o evento contou com apoio da Cooperativa Regional Itaipu, Epagri e participação dos municípios de Campo Erê, Saltinho, Sul Brasil, Modelo, Nova Erechim, Saudades, Cunhataí, Palmitos, Serra Alta e Caxambu do Sul.
 
Participaram da abertura oficial da festa o prefeito municipal, Mario Afonso Woitexem, acompanhado da primeira dama, Claudia Woitexem; vice-prefeito, Darci Fiorini e sua esposa Marilene Fiorini; o secretário da ADR de Maravilha, representando o Governador Eduardo Pinho Moreira, Jonas Dall'agnol; o secretário de Agricultura e presidente da Comissão Central Organizadora, Honorino Dalapossa e sua esposa; representando a Câmara de Vereadores, o vereador Clenio Razeira; o presidente da Cooperativa Regional Itaipu, Arno Pandolfo; o gerente Regional da Epagri, Mircon Frühalf; o presidente da Associação Empresarial de Pinhalzinho, Roberto Zagonel; Claudio Lamb e sua esposa, representando os expositores; o delegado regional, Wagner Valdivino Meireles.
 
Nos pronunciamentos, todos enalteceram a importância da festa. O coordenador, Honorino Dalapossa, inicialmente chamou Paulo Junqueira da Silva, para fazer parte do palanque de honra. Agradeceu a todos os expositores que foram à razão da festa. “Evoluímos nos vinhos, queijos, salames, panificados, em todos os produtos expostos, por isso, desde o ano passado decidimos que essa festa seria gastronômica”, mencionou. 
 
Paulo Junqueira, engenheiro agrônomo que também fez uso da palavra, falou que o objetivo do seu trabalho sempre foi os agricultores. “A eles toda a glória deste grande evento que se tornou um marco da história dos nossos municípios, que procuram desenvolver tecnologia na produção de vinho, queijo e salame”, ressaltou.
 
O prefeito, Mário Afonso Woitexem, na oportunidade enfatizou que cada edição da festa fica mais contente, pois vê que as pessoas trabalham com dedicação, com amor e consegue a cada dia melhorar o seu produto, levar no nome do município cada vez mais longe. “Parabéns a todos os expositores e aos servidores municipais que realmente fazem a festa acontecer”.
 
Na quinta-feira (19) foi realizado o 1º encontro de Viola Caipira. Na sexta-feira (20) foi servido o café colonial e após show com Andrei Carlos e Rodrigo. A programação de sábado (21), contemplou com jantar típico e show baile com a banda Sabor do Som. O pavilhão esteve aberto às 14h, para quem desejasse visitar os expositores e adquirir os produtos.
 
Avaliação do evento
O presidente da Comissão Central Organizadora, Honorino Dalapossa, avaliou positivamente a 16ª edição da festa. Disse que todas as expectativas foram superadas. Mais de cinco mil visitantes participaram da festa nos três dias. “Superou na quantidade de visitantes, de expositores, na qualidade dos produtos, enfim, a nossa avaliação é a melhor possível”, afirmou, agradecendo a todos que prestigiaram, os municípios participantes e as entidades que colaboraram. 
 
“A comunidade de Pinhalzinho e região contribuiu para que a festa fosse de grande nível como foi, resta agora, nos dias 04, 05 e 06 de julho de 2019, contar com todas essas entidades que vem contribuindo e com todos os participantes para fazermos uma festa ainda maior e melhor”, finalizou.
 
Woitexem também avaliou positivamente a festa. “Ficamos todos satisfeitos, a comissão de eventos principalmente. Na quinta-feira (19), fizemos um experimento, uma proposta nova com o 1º encontro de Viola Caipira, um resgate da música caipira, de viola, e tivemos uma lotação incrível, já confirmando o 2º encontro no ano que vem. Na sexta-feira (20) o público prestigiou a festa, o café colonial, servido pelo segundo ano, foi ainda melhor do que no ano anterior, ficamos muito felizes. No sábado (21) culminou com o ponto alto da festa e encerramento. O jantar estava fantástico, comida saborosa, agilidade nas filas na hora de se servir, após o show/baile”, relatou o prefeito. 
 
Ele encerra dizendo, que o que lhe deixou mais feliz foi à avaliação dos expositores. “A festa foi feita para os expositores e todos eles estavam felizes, pedindo, inclusive para que realizássemos uma edição a mais da festa por ano. Isso nos deixa feliz”, aponta, agradecendo a todos.